GUIA DO ISOLAMENTO DOMICILIAR

COMO PREPARAR 
SUA CASA PARA CONVIVER 
COM SUSPEITOS DE INFECÇÃO, 
OU PACIENTES INFECTADOS, 
POR CORONAVÍRUS

 

 

USAR MÁSCARA EM AMBIENTES COMPARTILHADOS, NÃO DIVIDIR ITENS PESSOAIS E DESINFETAR ÁREAS COMUNS SÃO ALGUNS DOS CUIDADOS QUE SE DEVE TER.

 

 

O Ministério da Saúde recomendou, na quinta-feira (12), o isolamento domiciliar para casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus e para viajantes que cheguem ao Brasil vindos do exterior.

O isolamento em casa pede cuidados específicos, como a separação de objetos pessoais, limpeza imediata de banheiros após o uso e a separação de indivíduos em cômodos diferentes da casa.

 

 

 

De acordo com a médica infectologista Roberta Schiavon, integrante da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), a primeira orientação é destinar um quarto e um banheiro para uso exclusivo da pessoa infectada ou com suspeita de infecção.

Quando o local não tem mais de um quarto e mais de um banheiro, a recomendação é deixar o quarto para a pessoa suspeita e, quem não apresenta sintomas, deve dormir na sala, por exemplo.

 

 

 

 

O cômodo com o paciente isolado deve ficar todo o tempo com a porta fechada.
Mas é necessário manter a janela aberta para ter ventilação e entrada de luz solar.

A pessoa infectada ou com suspeita de infecção tem de trocar a própria roupa de cama. Se houver secreções na roupa de cama, ela deve embalar em um saco plástico antes de levar à máquina de lavar ou ao tanque.

 

 

 

É importante manter uma lixeira ao lado da cama, com saco plástico, para jogar o lixo. Quando o recipiente estiver cheio, a pessoa deve fechar a sacola e só depois despejar em lixeiras comuns, seja da casa, da rua ou do prédio.

 

 


"Moradores de casas menores e com número maior de pessoas precisarão ter mais cuidados higiênicos quanto a espirro, tosse e compartilhamento de objetos",

alerta Renato Grinbaum 
infectologista e consultor da SBI.

 

 

 

 

Nos casos de salas compartilhadas ou casas com apenas um cômodo, pessoas infectadas e pessoas sem a doença não podem compartilhar o mesmo sofá, cadeira ou colchão. A recomendação é manter 2 metros de distância da pessoa infectada ou suspeita.

 

 

 

 

 

VEJA OS CUIDADOS PARA
GARANTIR O ISOLAMENTO
DE SUSPEITOS OU INFECTADOS
PELO CORONAVÍRUS

 

 

COZINHA


SE CONTAMINADO,
COZINHE SEMPRE DE MÁSCARA.

NÃO COMPARTILHE 
COPOS, TALHERES E PRATOS.

 

QUARTOS

 

MANTENHA JANELAS ABERTAS 
PARA A CIRCULAÇÃO DE AR E 
ENTRADA DE LUZ SOLAR
.

 

 

 

A PRÓPRIA PESSOA DEVE
TROCAR A ROUPA DE CAMA.

 

 

SEPARE OS RESÍDUOS EM 
LIXEIRAS DIFERENTES
.

 

 

 

MANTENHA A 
PORTA FECHADA.

LIMPE AS MAÇANETAS.

 

 

 

BANHEIRO


NÃO COMPARTILHE OBJETOS
COMO TOALHAS DE ROSTO E CORPO.


 

USE SABONETE LÍQUIDO 
PREFERENCIALMENTE.

 

 



APÓS USAR O BANHEIRO, 
DESINFETE TODAS AS
SUPERFÍCIES:

VASO SANITÁRIO, PIA, 
TORNEIRA, DESCARGA.

 

SALA

 

INSTALE OS MORADORES NA SALA
RESERVE O QUARTO PARA USO
DA PESSOA CONTAGIADA
, NO CASO
DO IMÓVEL TER SÓ UM DORMITÓRIO.

 

 

 

LIMPE OS MÓVEIS 
COM ÁLCOOL 70% 
OU ÁGUA SANITÁRIA.

 

USE MÁSCARA.

MANTENHA PELO MENOS
2 METROS DE DISTÂNCIA 
DA PESSOA CONTAMINADA.

 

 


NÃO COMPARTILHE 

SOFÁ, CADEIRA OU COLCHÃO.

 

 

FONTE: GUIA DE ISOLAMENTO DOMICILIAR POR CAUSA DO NOVO CORONAVÍRUS — G1


 


SEGUNDO OS ESPECIALISTAS,
NÃO É NECESSÁRIO MANTER ISOLAMENTO
DE ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO.

 

 

 

 

 

Quando estão dividindo um cômodo, pessoas infectadas precisam estar com um lenço de papel ou papel higiênico que cubra o nariz e a boca em caso de tosse e espirro. Sem esse lenço, as pessoas precisam tossir e espirrar no antebraço e lavar os braços e as mãos imediatamente.
 

Nos ambientes compartilhados, a pessoa infectada precisa estar o tempo todo com máscara. Segundo a alergista e imunologista Patrícia Schlinkert, a recomendação é que pessoas infectadas nunca passem o dia inteiro no mesmo cômodo em que ficam as não infectadas. A comunicação também deve ser feita por meios indiretos, como o telefone.
 

 


“Nos casos de residentes em domicílios de apenas um cômodo, as pessoas saudáveis devem procurar a casa de algum parente. ​​​​​
É quase certo que compartilhar o ambiente vai gerar transmissão, mesmo que se tomem os cuidados de higienização necessários", explica a médica.

 

 

 

 

COMO DIVIDIR
O BANHEIRO

Quando o banheiro é compartilhado, o paciente infectado ou com suspeita de estar infectado precisa desinfetar todas as superfícies usadas por ele: vaso sanitário, interruptores, maçaneta, descarga, box e regulador de temperatura do chuveiro, por exemplo.

Objetos que antes eram compartilhados, como pasta de dente, sabonete de pia e toalha de rosto devem passar a ser individuais. Tire a escova de dente da pessoa infectada ou com suspeita de infecção do mesmo recipiente das demais.

 

 

A LIMPEZA 
DE MÓVEIS E OBJETOS 
PRECISA SER FEITA 
DIVERSAS VEZES 
AO DIA E COM 
CUIDADOS 
ESPECÍFICOS:

 


A PESSOA QUE 
FOR LIMPAR A CASA 
PRECISA ESTAR COM 
MÁSCARA, LUVA, 
ÓCULOS E AVENTAL
;

 


TODAS AS SUPERFÍCIES 
DE CONTATOS CONSTANTES 
DEVEM SER LIMPAS

PIA, MAÇANETAS, MESAS, INTERRUPTORES, ASSENTOS DE SOFÁ, CADEIRAS E 
VASO SANITÁRIO, TORNEIRAS, ETC;

 


SABÃO, ÁLCOOL ACIMA 
DE 70% E DESINFETANTES
 
SÃO EFICIENTES PARA A LIMPEZA;

 


MANTER AS LIXEIRAS 
COM TAMPAS FECHADAS 

E USAR SACO HERMETICAMENTE FECHADO;

 


AS ROUPAS E ACESSÓRIOS 
DE CAMA E BANHO DO INFECTADO SEMPRE PRECISAM SER LAVADAS APÓS O USO E
SECAS EM LOCAL AREJADO
.

 

 

 

 

LAVAR AS MÃOS
CONSTANTEMENTE
É UMA DAS PRINCIPAIS
FORMAS DE PREVENÇÃO

 

LAVE AS MÃOS 
ATÉ A METADE DO PULSO, 
ESFREGANDO TAMBÉM AS 
PARTES INTERNAS DAS UNHAS.

 

 


CUBRA BOCA E NARIZ, LEVANDO 
AO ROSTO A PARTE INTERNA 
DO COTOVELO, PARA TOSSIR 
OU ESPIRRAR.

 


USE ÁLCOOL 70% PARA 
LIMPAR AS MÃOS ANTES 
DE ENCOSTAR EM ÁREAS 
COMO OLHOS, NARIZ E BOCA.

 


USE MÁSCARA CASO 
APRESENTE SINTOMAS.

 


NÃO TOQUE NARIZ, OLHOS E BOCA 
ANTES DE LIMPAR AS MÃOS.

 


NÃO CUMPRIMENTE PESSOAS
COM BEIJOS NO ROSTO, APERTO 
DE MÃOS OU ABRAÇOS.

 


LIMPE COM ÁLCOOL 70%
OBJETOS TOCADOS
FREQUENTEMENTE.

 


EVITE MULTIDÕES.

 


MANTENHA DISTÂNCIA DE 
UM METRO DE PESSOAS 
ESPIRRANDO OU TOSSINDO.

 


UTILIZE LENÇOS DESCARTÁVEIS SE 
ESTIVER COM O NARIZ ESCORRENDO
.
 


EVITE SAIR DE CASA SE 
APRESENTAR SINTOMAS DE GRIPE.

 

 

 

 

INFORME-SE SOBRE A PREVENÇÃO E
COMPARTILHE INFORMAÇÕES CORRETAS.